terça-feira, 3 de março de 2015

Funcionalismo público do Paraná em greve – Resistência e avanço

     Os funcionários públicos estaduais do Paraná, inclusive os professores, estão num movimento para evitar perdas de conquistas trabalhistas, conquistas que estão sob ameaça do "pacotão" de ajustes elaborado pelo governo do Estado, apresentado para ser votado na Assembleia Legislativa daquele estado.

     No primeiro momento, o governo e a casa legislativa recuaram da votação do "pacotão" e isto se deve à pressão do movimento dos grevistas, ou seja, se deve à resistência exercida pelo movimento que ocasionou um avanço dos objetivos do movimento.

Foto: Folhapress
     Que conquistas serão alcançadas - o que não faltarão serão visões pessimistas, otimistas e até de outros gêneros não construtivos - não é possível saber, mas neste momento - e não pode ser negado -, o que se sabe é que um movimento de profissionais realizou avanços.

     Este é mais um caso de movimentos populares e seus efeitos que, mesmo imerso num sistema pouco favorável a ele, consegue resistir e avançar.


É importante a leitura de:

Movimentos sociais horizontais - Resistência e avanço

Movimentos populares horizontais

Horizontalidade e verticalidade

Movimentos sociais horizontais - Não ao oportunismo barato


Veja o que foi publicado em InterAção Popular Autônoma:

Sobre (informações sobre o site)

Liberdade - Primeira apresentação

Interações organizativas libertárias

Resistência e avanço

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Seguidores

  ©Template Blogger Elegance by Dicas Blogger.

TOPO